.
.

Paisagens naturais - Cachoeiras (2)





"Encantar das águas"
Paisagens naturais - Cachoeiras (2)
Recanto da Cachoeira - Rio Bugre - Caçador SC - Agosto/2009
Fotos: Helena Chiarello
.

6 comentários:

Leninha disse...

Meu Deus,menina,me ensina este olhar...
Que fotos ,Helena,parece que estou a ouvir o canto das águas,a sentir o frescor e o perfume da mata e a força da natureza em toda sua magia e esplendor.
Bjssssss e um enorme carinho para os dois queridos,
Leninha

Su disse...

Helena, suas imagens refletem o momento exato da emoção que sua alma e coração sentiram... você fotografa além do "real" aos olhos comuns, você registra o momento da poesia, da melodia, sinto música no ar, ouço o barulho das águas, sinto os raios de sol, e o cheiro da natureza, você registra os sentidos e transforma-os em encantamento.
senti vontade de colocar meus pés na água e assim deixar a energia desse momento em mim, vontade de tocar as pedras, pois sinto vida até mesmo nelas pintadas de verde, dizendo: temos a natureza em nós...

Ahhh, quero ficar aqui...

Beijos amiga querida e um dia lindo lindo lindo pros dois mais lindos e queridos! Abraço apertadinho! Su.

✿ chica disse...

Noooossa,Helena!Que coisa linda.

Não sei se sabes que adoro águas, cachoeiras e mares...

Me sinto em casa olhando essas lindas fotos!
Parabéns! Lindas!

beijos,tudo de bom, obrigado pelos carinhos e até com o Neno.

chica e um ótimo feriado ou feriadão por aí!

✿ chica disse...

Helena...
Aqui está um frio danado e vim me energizar nessa cachoeira que me faz pensar estar num calorzinho legal, bem melhor do que esse frio danado e úmido daqui...

Um lindo domingo, beijos,tudo de bom e adorei(nem preciso dizer!) o teu comentário,chica

Milla Pereira disse...

Adorei este outro blog, minha querida Helena! Viajei nessas belas paisagens, obrigada. Bjks, Milla

manuela barroso disse...

Sabe, Helena, a cachoeira é como o coração humano: Ora fervilha, ora canta, ora chora!
E onde começa a dor e acaba a alegria?
Essa força das águas é tão autêntica, que não esperamos o espelho límpido do azul para nos deliciarmos com a naturalidade do naturalmente puro!
E lindas , como só tuas essas imagens que sabem a vida!Demais!
Obrigada por esse teu olhar!
Abração!